Todos os anos, os trabalhadores brasileiros têm direito a um dos mais importantes benefícios trabalhistas para a economia doméstica, o PIS, também conhecido como Abono Salarial. Esse benefício, uma conquista garantida através da CLT, é pago a todos os que possuam inscrição no Programa de Integração Social há mais de 5 anos e possam comprovar tempo de serviço no ano anterior. Esse ano, entretanto, o PIS 2018 apresenta algumas novidades no que diz respeito às datas de pagamento, além do novo calendário de datas de distribuição do benefício.

O PIS é um benefício pago aos trabalhadores dos setores privados da economia. Aos servidores públicos, é pago o PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – que possui regras muito semelhantes às do PIS, mas com algumas poucas diferenças, como um calendário PASEP diferente do tratado pelo PIS.

PIS 2017

PIS 2017 – Calendário, Consulta, Abono Salarial e Como Sacar.

Tabela PIS 2018

Todos os anos, o Ministério do trabalho divulga, em parceria com a Caixa Econômica Federal, o Calendário PIS. Nele, os trabalhadores podem consultar a data de pagamento do seu abono, de acordo com a data de nascimento, e esse ano, o calendário do PIS já saiu! confira abaixo a tabela de pagamentos:

Calendário das datas de pagamento do PIS 2017/2018
Calendário de saque do PIS 2017/2018 em agências da Caixa:
Aniversário Podem Sacar em: Podem sacar até:
Julho 27/07/2017 29/06/2018
Agosto 17/08/2017 29/06/2018
Setembro 14/09/2017 29/06/2018
Outubro 19/10/2017 29/06/2018
Novembro 17/11/2017 29/06/2018
Dezembro 14/12/2017 29/06/2018
Janeiro e Fevereiro 18/01/2018 29/06/2018
Março e Abril 22/02/2018 29/06/2018
Maio e Junho 15/03/2018 29/06/2018

Quem tem direito ao PIS?

O Abono Salarial 2018 será pago aos trabalhadores brasileiros que se enquadrem nas seguintes regras: Precisam possuir cadastro no Programa de Integração Social há mais de 5 anos, que possuam salário que não supere a faixa dos 2 salários mínimos, devem ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano anterior com carteira assinada para uma empresa – Pessoa Jurídica – que esteja em dia com as pendências com o Ministério do Trabalho.

NOVA REGRA DO PIS: Desde o calendário de pagamentos de 2015, os beneficiários receberão o valor do PIS proporcional ao ano base trabalhado. Portanto, quem vai receber o PIS 2018, precisa ficar ao ano base de trabalho: se teve a carteira assinada durante todo o ano, o valor do PIS 2018 será integral. Se teve só 3 meses, por exemplo, terá direito somente à 3/12 do valor do PIS.

Em pregadas domésticas podem receber o PIS 2018?

quem pode receber o PIS 2018 são as pessoas que trabalharam com carteira assinada para uma empresa, então mesmo que uma doméstica trabalhe com carteira assinada, esta não poderá receber o Abono Salarial, pois esse é um benefício construído através da arrecadação de impostos como o PIS COFINS que só são pagos por empresas, de modo que não haveria financiadores para esse fundo no caso de empregadas domésticas.

Novas regras do PIS 2018 estão valendo?

Não. O Governo Federal anunciou em 2015 seu interesse em mudar as regras do Abono do PIS para torna-lo mais difícil de ser obtido, porém essas regras foram vetadas no Senado, então continuam valendo as regras antigas. Entretanto houve mudanças no Calendário do PIS 2018, que passou a ser pago ao longo também do primeiro trimestre do ano, referente aos últimos pagamentos do benefício do ano anterior.


Consulta PIS – Saldo do Abono Salarial 2018

A consulta do Abono Salarial pode ser realizada pelo trabalhador na internet, nas agências e caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, e pelo aplicativo do trabalhador Caixa. Veja a seguir como consultar o seu PIS:

Consulta PIS Online

Para consultar o PIS pela internet, o trabalhador só precisa ter em mãos o seu cartão cidadão ou a carteira de trabalho (CTPS), ou ainda, outro documento do trabalhador que contenha o número do PIS. Para realizar a consulta pela internet, basta seguir os passos indicados abaixo:

Consulta Cartão Cidadão

Consulta Cartão Cidadão

  • Acesse  a página do Portal Cidadão Caixa;
  • Insira o seu número do PIS no primeiro campo;
  • Insira a senha para internet – ou cadastre uma senha, no botão “Cadastrar senha”;
  • Marque o quadro “Não sou um robô”;
  • Clique em OK;
  • Na página que abrir, consulte a guia “PIS”.

Pronto. Além de consultar  o saldo do PIS, você poderá consultar ainda no portal cidadão o saldo do Bolsa Família, do FGTS inativo, do seguro desemprego, e muito mais.


Como receber o PIS

Para sacar esse benefício, o empregado precisa ter o cartão do cidadão. Esse cartão pode ser feito gratuitamente em qualquer agência da Caixa Econômica Federal CEF, e leva cerca de 30 dias para ficar pronto – ele precisa ser retirado e desbloqueado na agência. Com esse cartão você pode efetuar o saque do seu PIS em qualquer caixa eletrônico da Caixa, em agências do banco ou em lotéricas.

Outra maneira de receber o benefício, para quem possui conta na Caixa, é solicitar o crédito em conta. O valor cai diretamente na sua conta não sendo necessário fazer o saque. No caso de quem não possua conta no banco, o saque precisa ser feito até o dia 30 de Junho de 2018, ou o valor do benefício será perdido, sem a possibilidade de resgate do saldo.

ATENÇÃO: A Caixa econômica Federal já lançou o novo calendário PIS 2018. Nessa tabela de pagamentos, os beneficiários que trabalharam com carteira assinada no ano de 2015 poderão sacar o abono salarial 2018 entre Julho de 2018 e Março de 2019. Para ter direito ao PIS 2018, o trabalhador precisa ter pelo menos 5 anos de cadastro no PIS.

Cotas do PIS

Caso você tenha sido ou ainda é empregado do setor privado, deve ser informar sobre o saque das Cotas do PIS na Caixa Econômica Federal. Os participantes com idade igual ou superior a 60 anos podem realizar o saque das cotas, caso o cotista já tenha falecido, o pagamento aos dependentes é feito com a apresentação de alguns documentos, clique aqui e saiba quais.

Desde que o cotista atenda os seguintes motivos será permitido o saque das Cotas PIS:

  • Morte do participante – situação em que o saldo da conta será pago aos dependentes ou sucessores do titular;
  • Doenças listadas na Portaria Interministerial MPAS/MS 2.998/2001;
  • SIDA/AIDS – do participante ou dependente;
  • Neoplasia Maligna – Câncer;
  • Idoso e/ou portador de deficiência alcançado pelo Benefício da Prestação Continuada;
  • Transferência para reserva remunerada ou reforma – no caso de militar;
  • Invalidez – do participante ou dependente;
  • Aposentadoria;
  • Idade igual ou superior a 60 anos.

Aplicativo Caixa Trabalhador

O Aplicativo Caixa Trabalhador é muito prático e fácil de ser usado,  através dele você pode consultar sobre o PIS, Abono Salarial e o Seguro Desemprego, você pode também conferir sobre as parcelas liberadas, sobre o calendário de pagamento e pode ainda tirar as suas dúvidas sobre o PIS.

Valor do PIS

O valor do PIS passou a ser um valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador, o cálculo do valor é feito de acordo com o número de meses trabalhados no ano-base, multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente.

Para ter direito ao Abono, o trabalhador deve ter trabalhado durante no mínimo 30 dias com carteira assinada por empresa, sendo que cada mês trabalhado equivale a 1/12 de salário mínimo no valor do benefício. O período igual ou superior a 15 dias conta como um mês integral. Abaixo você pode conferir a tabela com base no valor de R$ 954,00 o salário mínimo.

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 80,00
2 (45 a 74) R$ 159,00
3 (75 a 104) R$ 239,00
4 (105 a 134) R$ 318,00
5 (135 a 164) R$ 398,00
6 (165 a 194) R$ 477,00
7 (195 a 224) R$ 557,00
8 (225 a 254) R$ 636,00
9 (255 a 284) R$ 716,00
10 (285 a 314) R$ 795,00
11 (315 a 344) R$ 875,00
12 (345 a 365) R$ 954,00
Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (26 votes, average: 4.27 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Comments are closed.